Literatura

RESENHA LITERÁRIA: BARTLEBY, O ESCRIVÃO

Movies Pub

“Bartleby, o Escrivão”, foi publicado pela primeira vez, anonimamente, em 1853. O nome do autor desta verdadeira crítica ao capitalismo, Herman Melville, foi descoberto somente em 1856, três anos após a primeira publicação do conto. A história nos é contada a partir da perspectiva de um advogado inominado, nosso narrador personagem, que afirma não existir material o suficiente para que apresentar uma biografia de Bartleby. É sob essa ótica, a ótica do que não se sabe, do que não fora dito, que Melville nos conduz por Wall Street, demonstrando as consequências provocadas pelo capitalismo, sendo a desumanização dos sujeitos a pior delas. Tratando-se de um personagem extremamente misterioso, Bartleby é passível a diversas interpretações. Para o desenvolvimento desta análise, é importante, portanto, considerar que nada a respeito de Bartleby pode ser afirmado, apenas sugerido.

Ver o post original 898 mais palavras

Anúncios
Literatura

Resumo do livro Hit Refresh – Satya Nadella

Management and IT Innovation

Aperte o F5: A transformação da Microsoft e a busca de um futuro melhor para todos

Acabei de ler o livro Hit Refresh do Satya Nadella, atual CEO da Microsoft e recomendo a leitura, pois é uma ótima oportunidade para conhecer um pouco mais sobre a empresa, as decisões e mudanças ocorridas desde que ele substituiu Steve Ballmer em 2014. Nadella é indiano, trabalha na Microsoft desde 1992 e revela no livro sua paixão pelo críquete.

“Este é um livro sobre transformação, uma transformação que está se desenrolando dentro de mim e dentro da nossa empresa, impulsionada pela empatia e pelo desejo de empoderar as pessoas”, escreve Nadella. “Mas, ainda mais importante, é uma transformação que ocorrerá na vida de todos, à medida que vivemos a onda de tecnologia mais transformadora da história da humanidade”.

O livro está dividido em três momentos:

  1. Descreve a infância na Índia…

Ver o post original 520 mais palavras

Literatura

Resenha: Box Sherlock Holmes – Arthur Conan Doyle

Literalmente Adicto

O box

O box traz a literatura completa de Sherlock Holmes, escrita por Arthur Conan Doyle. É dividido em quatro livros, sendo todos em capa dura (inclusive a caixa), o que dá um peso de mais ou menos três quilos ao todo e mil oitocentas e oito páginas. Esta edição pertence a Harper Collins, que não poupou suas capacidades para tornar este conjunto, uma boa leitura, deixando as histórias bem divididas e não sendo maçante nenhuma das leituras.

Todavia, o nível de qualidade dos enredos acaba por ir minguando aos poucos, sendo: o primeiro livro complexo no que tange o entendimento de quem é e todas as capacidades de Holmes; o segundo buscando um alto nível de complexidade de dados para que o leitor tenha dificuldade de aplicar os métodos e solucionar os casos antes do fim da história; o terceiro tentando manter um nível equilibrado com os anteriores, com…

Ver o post original 1.003 mais palavras

Literatura

Semana recheada de “Hora do Conto”…

Blog da Biblioteca da EB do Caramulo

  Estes tempos de partilha, na nossa Biblioteca, são riquezas académicas que nunca faltam nas nossas semanas… Pois é, na última semana estes momentos aconteceram várias vezes, que passamos já a divulgar:

  • As professoras Conceição Albuquerque e Emília Gonçalves leram, em dias diferentes, para os meninos do jardim de infância de Paredes do Guardão, histórias que eles próprios quiseram ouvir. Sim, desta vez, foi o público-alvo que selecionou os livros “A Lagarta Comilona”, de Sheridan Caine e “Dez ursinhos vão passear”. O primeiro é um livro divertido e interativo, com muita animação ao abrir e o segundo permite ajudar as crianças a aprender a contar de forma lúdica. Minutos de leitura contados e recebidos com muita ternura…

  • As crianças do 1º e 2º ano estiveram a ouvir contar histórias, pela nossa estimada professora Nazaré Gouveia, bem como os alunos do 4º ano também ouviram a nossa querida contadora…

Ver o post original 77 mais palavras

Literatura

😍 Orgulhosamente meus.😍

escreversonhar

😉 Quem esteja interessado pode contactar-me. Possuo alguns para disponibilizar. 😉

Ver o post original

Literatura

Como fazer amigos e influenciar pessoas.

Eu no Topo

Que Tal fazer novos amigos, conquistar novas pessoas e despertar o interesse delas por você? no livro “Como fazer amigo e influenciar pessoas” o escritor Dale Carnegie compartilha conosco uma série de conhecimentos e conselhos para conseguirmos ter um bom diálogo com qualquer pessoa e ainda deixar aquele gostinho de quero mais.

O livro reúne 30 fundamentos e é dividido em quatro partes, como eu realmente acho interessantes as ideias compartilhadas farei 4 posts explicando cada parte do livro, vamos lá!

PARTE l

Como lidar com as pessoas.

“SE QUER TIRAR O MEL NÃO ESPANTE A COLMEIA”

Segundo Dale Carnegie, B. F. Skinner, famoso psicólogo teria demonstrado através de seus experimentos que um animal que é recompensado por bom comportamento aprenderá com maior rapidez e reterá o conteúdo com maior habilidade que um animal que é castigado por mau comportamento, e estudos recentes na época teriam mostrado que o mesmo…

Ver o post original 475 mais palavras

Brasil, Leitura, Literatura, Movimentos Literários, Romance

O Analista de Bagé, de Luis Fernando Veríssimo

O Analista de Bagé, de Luis Fernando Veríssimo, impresso pela primeira vez em 1982, foi uma forma agradável e diferente de mostrar um pouco do homem dos pampas e da cultura regional do sul brasileiro. Pouquíssimos personagens da literatura nacional conseguiram alcançar a repercussão e a admiração popular que o analista de Bagé conquistou, já… Continuar lendo O Analista de Bagé, de Luis Fernando Veríssimo