Literatura

Resenha: Entre a Promessa e o Destino, Gisele de Assis

Caos da Imaginação

entre a promessa e o destino

A situação de Kate Miler não é tão simples quanto ela gostaria que fosse. Após desvendar o mistério da sua verdadeira origem, Lucius o líder do Reino da Escuridão invade o planeta reivindicando a garota e se recusa a deixar a Terra ameaçando destruir os Guardiões de Orfheus se Marcos não concordar com a proposta, que ele tem a oferecer que implicaria a sua estadia na Congregação de Alcantes por uma semana perto de Kate.
Sem alternativas, o regente Marcos consolida o acordo com o Guardião da Escuridão exigindo em troca, que nenhum Guardião ou humano seja morto enquanto Lucius permanecer na Terra. Mas, essa decisão afeta principalmente Jaike, que é ameaçado com a proximidade de Lucius. Entretanto, Jaike não é o único incomodado. Kate não se sente a vontade na presença de Lucius, que desperta nela fortes sentimentos como se ela estivesse de alguma forma conectada a ele. Em…

Ver o post original 1.007 mais palavras

Anúncios
Literatura

A CRISE MONARCHICA

Banco de Livros Usados, Antigos e Raros

Luiz de Magalhães

Livraria Lello, Limitada-Editora, Porto-1934

21.5 x 14 – 179 págs. br.

preço:€15.00

Ver o post original

Literatura

Cronograma do Projeto Lendo Literatura Brasileira – mês de abril

Migles, vamos ler Machado nessa segunda quinzena de abril. Deixo disponível o cronograma e já adianto que vamos ter comentários e sugestões lá nos stories do Instagram. Fiquem de olho!

🌻

Ver o post original

Literatura

Literatura de Autoajuda para Empreendedorismo

Blog Cidadania & Cultura

Preparando-me para oferecer um Curso de Finanças Comportamentais para Planejamento Financeiro Pessoal, li e resenhei muitos livros de autoajuda financeira em Fernando Nogueira da Costa – Leituras de Cabeceira – Finanças.

Oriento também um aluno na elaboração de tese sobre Finanças Comportamentais. Sugeri, em um primeiro capítulo, testar a hipótese de influência dessa literatura na prática profissional de gestores de fortuna. Ele deve escrever o capítulo inicial com quatro tópicos componentes de uma resenha sobre essa literatura de autoajuda financeira:

  1. Em qual debate ela se insere? Qual é o estado-da-arte nesse debate? Mudou ao longo tempo, passando de guia espiritual para “mudança de mentalidade”, seguindo por um individualismo metodológico, até chegar a uma visão holística do problema macro sistêmico de decisões financeiras? Ela se refere apenas à economia de mercado de capitais norte-americana ou serve também à economia de endividamento, característica do resto do mundo?…

Ver o post original 4.983 mais palavras

Literatura

Eça entre a pintura e o cinema

Eça de Queirós

Eça de Queirós não esperou por Zola para, em 1871, na conferência do Casino, fundamentar na pintura as suas teses em favor do realismo literário e do romance como seu género maior, contra a estética do romantismo. No caso, terá falado de Courbet contra Jacques-Louis David, reportando-se a quadros que, certamente, não conhecia de visu. Depois disso, num texto apenas esboçado e parcialmente publicado, Eça voltou à pintura para de novo ilustrar a oposição entre romantismo e realismo:  o romancista deveria agir como o pintor realista, fundando-se na observação e no estudo das coisas e das figuras a representar. E assim, quando se trata de descrever a “menina Virgínia que mora ali  defronte”,  o romancista realista faz isto: em vez de a imaginar, vai vê-la: “Vai ver Virgínia, estuda-lhe a figura, os modos, a voz: – examina qual foi a sua educação; estuda o meio em que ela vive, as…

Ver o post original 455 mais palavras

Literatura

To Kill a Mockingbird

Floresta dos Livros

Alguns livros mudam quem nós somos. Depois de os lermos, nunca mais seremos a mesma pessoa. Pode-se dizer que são formativos, mais do que educacionais. A maioria desses livros são clássicos, porque é preciso um livro excepcionalmente bom para ter esse efeito numa pessoa. Este é um desses livros.

To Kill a Mockingbird é um romance de Harper Lee publicado em 1960. Foi um grande sucesso, premiado com um prémio Pulitzer. Em Portugal o título foi traduzido primeiro como “Não Matem a Cotovia” e depois como “Mataram a Cotovia”, traduções que implicam significados completamente distintos. Não sei porque a escolha dos tradutores nunca caiu sobre a tradução literal “Matar uma Cotovia”, que seria perfeitamente adequada ao significado implícito.

A história é baseada em factos reais que a autora testemunhou quando tinha 10 anos, sendo vagamente autobiográfica, mas ainda assim ficção.

Passada nos anos 30 na cidade de Maycomb…

Ver o post original 387 mais palavras

Literatura

[Livro] Corte de Espinhos e Rosas – Sarah J. Maas

Entre nos Mundos

Sabe aquela indicação de livro que arrebata o seu coração? Pois bem, Corte de Espinhos e Rosas foi exatamente isso.

Olá, tudo bem?

Vamos conversar sobre o primeiro livro dessa trilogia que, meu Deus, ganhou muitos fãs e como estava com o hype lá no alto, fui postergando, até que a Vanessa que trabalha comigo me emprestou os livros. Eu tinha vontade de ler e era tudo isso que bastava.

51AblvcjrJLDá uma conferida na Amazon

Ela roubou uma vida. Agora deve pagar com o coração. 
Nesse misto de A Bela e A Fera e Game of Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance. Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a…

Ver o post original 553 mais palavras